Ex-aluno da EFG NEJ conquista bolsa de estudos na FGV |
Home / Ex-aluno da EFG NEJ conquista bolsa de estudos na FGV

Ex-aluno da EFG NEJ conquista bolsa de estudos na FGV

Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

O ex-aluno da EFG Sebrae NEJ, Carlos Chesman, é o novo aluno do curso de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O aluno foi agraciado com uma bolsa de estudos oferecida pela instituição. A FGV é importante referência de ensino no país e no exterior pelos seus programas de graduação, mestrado e doutorado, nas áreas de economia, administração de empresas, ciências sociais e direito.  A instituição é uma das parceiras da Escola do Sebrae de Formação Gerencial (EFG).

Carlos Chesman se formou em técnico em Administração na EFG NEJ em 2017, e foi um dos alunos selecionados para participar do projeto Missão Alemanha, com a aluna Ana Luiza Guimarães. Juntos, eles integraram a equipe que representou o Brasil em um desafio de negócios e em uma Feira Internacional de Empresas Simuladas, na Alemanha.

Confira, abaixo, uma breve entrevista com o aluno.

Carlos Chesman, ex-aluno da EFG Sebrae NEJ

1)      Como você chegou até a EFG Sebrae NEJ e quais os maiores aprendizados que o curso te proporcionou? O que você leva de melhor? 

A minha chegada à EFG NEJ foi extremamente inusitada. Conheci a escola através de uma publicação da minha tia, e a proposta de apenas um ano transformar jovens de escola pública em empreendedores acabou chamando a minha atenção.
O curso me proporcionou uma nova forma de enxergar situações e encarar problemas, também me mostrou que a realidade depende da forma como vemos o mundo. Do curso levo grandes amigos, um sentimento de dever cumprido e também um anseio de mostrar para outras pessoas que podemos trilhar caminhos diferentes, desde que queiramos.

2)      Quais as maiores contribuições da educação empreendedora para a sua vida? 

Um olhar mais criterioso para situações e também um caminho a ser seguido diante de tantos problemas sociais que são vistos em nosso país.
Anteriormente, era comum eu me dobrar diante dos problemas, mas o empreendedor sempre faz de um caos uma oportunidade, isso em todas as áreas da sua vida, dessa forma eu me vejo e isso eu quero levar para outras pessoas.

3)      Para você, qual o significado de ser um empreendedor?

Ser um empreendedor é ser um agente transformador de mudanças, com isso é possível encontrar um negócio lucrativo, mas empreender não se resume a apenas isso. Ser empreendedor é carregar consigo características únicas que permita com que visões sejam realizadas em qualquer ambiente.

4)      Como foi ter participado de um desafio de negócios na Europa? Como essa experiência contribuiu para sua formação?

Uma experiência única. Nunca imaginei que poderia ter uma oportunidade como essa em minha vida. Para mim foi uma demonstração de como outras culturas enxergam o mundo, e também uma forma de mostrar a nossa realidade. Essa troca cultural só enriquece o nosso conhecimento e nos faz apostar no que vemos que dá certo em outros lugares.

5)      Agora como estudante do curso de economia da FGV, quais as suas expectativas e planos para o futuro?

Pretendo me tornar um grande economista, e entender melhor como funciona o mercado. Quero desenvolver novas competências e com o conhecimento obtido devolver isso para a sociedade, demonstrando que uma oportunidade pode abrir novas portas, mas para isso temos que agarrá-las.

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tags:, , , , , , ,

Inovar Talks – Inovação é tema de Seminário da Escola do Sebrae

Sábado letivo de Oficinas Pedagógicas